quinta-feira, 22 de maio de 2014

Vale a pena conferir a nova série do canal showtime: Penny Dreadful


Você já ouviu falar de Penny Dreadful?

A resposta será provavelmente "não", seguida da pergunta "O que é Penny Dreadful?" Eu poderia lhe responder com algo mais elaborado mas encurtando a história Penny Dreadful é a nova série do canal ShowTime em parceria com Sky que passa no canal americano ShowTime e que aqui no Brasil vai passar com exclusividade na HBO.

Aparentemente apenas mais uma que estreou neste ano. Pois é, só aparentemente mesmo, porque Penny Dreadful não é apenas mais uma série. É uma das séries deste ano de 2014.

Tudo bem. Tudo bem. Séries com um estilo rebuscado, gênero meio complicado de explicar, com uma boa produção, atores bons e uma boa premissa não são tão raras. Mas acredite, essas possibilidades viram um delicioso convite a adentrar cada vez mais no mundo de Penny Dreadful que não cabe nos apenas oitos episódios desta primeira temporada.

A estória é aparentemente uma premissa bem batida: um pai a procura da filha  e que para isso é capaz de qualquer coisa. O problema é que na sua investigação ele se depara com coisas além do céu e da terra, ou melhor com criaturas no limiar "entre o que conhecemos e tememos". Apesar da clara e óbvia conotação sobrenatural nada é o que parece e o que poderia ser uma reles busca de alguém contra algumas criaturas do submundo, aqui nós temos uma busca de alguém contra o mistério que fez com que a busca se iniciasse em primeiro lugar e isso, leva ao confronto com criaturas do submundo.

Não é zoeira como com o paranormal e figuram do sobrenatural como Supernatural, nem em busca de uma conspiração como Arquivo X. Entre essas duas séries eu diria que Penny Dreadful se aproxima da segunda pelo seu senso de realidade e de contexto, cria-se um mundo onde o mundo da série é real e extremamente plausível e intrigante, com uma pitada de figuras icônicas como Frankenstein, Dorian Grey numa trama muito mais complexa que uma simples busca de uma filha das mãos do desconhecido, com reviravoltas dignas de vários gritos "PQP!".

A série estreou neste mês, é bem recente. Dos oitos episódios desta primeira temporada, foram exibidos apenas dois, com uma duração de um pouco mais de 53 minutos de uma produção impecável que nada deixa a desejar ao cinema, trilha sonora excelente, atores que por si só já valeriam uma espiada nesta série por nós, mas o melhor sem dúvida é a estória.


Timothy Dalton interpreta o Sr. Malcon que com sua busca pela sua filha puxa a narrativa da estória, juntamente com a sensitiva Vanessa Ives, interpretada pela sempre fantástica Eva Green. Como essa jornada é muito mais violenta que apenas adivinhar e achar quem está por trás de tudo, eles pedem ajuda do personagem bom de mira interpretado pelo Josh Hartnett, Ethan Chandler, que neste momento encontra-se relutante a se juntar a eles.

Mas essa é apenas a espinha dorsal da série, cada personagem que Malcon e Ives se deparam puxa outros e cada um com uma narrativa própria, um mundo próprio que acaba sendo peças de um mesmo mosaico. Vanessa Ives conta a Ethan que eles lidam com o chamado "demimonde" o tal mundo entre o que é conhecido e o desconhecido, mas isso não se aplica apenas ao plot mas a cada um dos personagens.

Há o que sabemos de imediato, o exterior, o que cada um nos mostra mas há o desconhecido, o segredo que cada um possui e cada um possui um segredo e nada é o que parece, mas fundo, talvez, seja algo contido em um dos maiores segredos: o que separa a vida da morte e o desejo da imortalidade.

Não se engane com o que escrevi, a série é mais envolvente mas não é para quem tem coração e estômago fraco, há cenas bem no estilo "creepy stuff", há sustos, uma vez que oficialmente a série se coloca no gênero suspense/terror mas há também um lado bem de sexual em todo esse thriller. Então, sem "mimimi" e assista a série, se você aguentar o tranco.

Veja o trailer:



No Brasil, segundo fui gentilmente informada pelo twitter gente boa @EvaGreenWeb, vai ser exibida pelo canal pago HBO no dia 13 de junho às 22 h. Agora se você consegue ver on line ao vivo, a série está no ar todos os domingos no que por volta das 23 h, horário de Brasília no canal americano Showtime. Agora se você baixa pra assistir séries, faça um favor para você e coloque Penny Dreadful essa na sua lista.

Ainda não há nada sobre uma segunda temporada, espero realmente que haja uma segunda.

Então: a assistiu? gostou? Espalhe o convite para outros! E nos vemos num review sobre a temporada mais na frente!

Para mais informações vocês podem acessar a página oficial da série no Facebook Penny Dreadful ou acessar a página do blog na mesma Eu Leio e Assisto ou a minha X Files of a Jedi Whovian Cinephile Nerd Woman.



FONTE:
*Fotos: A primeira é um print screen.
             A segunda é da página oficial da série no Facebook




Um comentário:

  1. Capítulos Temporada 1 amava. Penny Dreadful é uma série de horror e suspense, com um engraçado , sem dúvida, cativa o quadro espectador. Eu adoraria vê-lo , porque é parte da programacion HBO , canal que oferece produções de sucesso . Eu certamente vê-lo.

    ResponderExcluir